Governo anuncia acordo, mas caminhoneiros prosseguem com a greve, segundo portais de notícias

Governo anuncia acordo mas caminhoneiros prosseguem com a greve, segundo portais de notícias.

Edição: Sérgio Botêlho

PORTAIS DE NOTÍCIAS:

Manchete e destaques da hora de O Globo online: Greve dos caminhoneiros continua após governo anunciar acordo. No Rio, há redução nas interdições em algumas rodovias, como na área da Reduc, mas não há indicações de fim do movimento/

Petrobras reduz preço do diesel em 10%; valor é congelado por 15 dias. Para Pedro Parente, empresa entendeu que deveria contribuir para ambiente de trégua, dando tempo para governo negociar ‘acordo definitivo’/

Postos temem desabastecimento até sexta-feira/

Juiz manda liberar rodovias que dão acesso a Brasília/

Câmara aprova reoneração da folha de pagamento de 28 setores. Projeto garante também que PIS/Cofins sobre óleo diesel seja zerado/

Petrobras decidiu agir depois que Planalto não conseguiu trégua com caminhoneiros. Estatal recebeu informações de que havia risco de paralisação de aeroportos/

Fetranspor estima que só 30% da frota vai circular hoje no estado. Se a greve continuar, existe a possibilidade de completa paralisação nesta sexta/

Caminhoneiros negam trégua de três dias pedida por Temer/

Presidente da Confederação dos Transportadores Autônomos diz que paralisação vai continuar porque governo não avançou em propostas/

Gilmar manda soltar Hudson Braga, secretário de Cabral. Ministro estendeu o benefício a Carlos Miranda, operador do ex-governador. Ministro também põe em liberdade outro preso da Operação Rizoma. Beneficiado foi o empresário Arthur Pinheiro Machado/

Gilmar soltou 9 presos da Lava-Jato em maio/

Lauro Jardim: Presidente do Senado nomeia braço direito de Gilmar/

Temer discute cargos e eleição com Valdemar Costa Neto, condenado no mensalão. Dirigente do PR foi recebido no Planalto; durante o dia, presidente recebeu mais de 20 parlamentares. 

Manchete e destaques da hora do Estadão online: Mesmo após acordo com governo, caminhoneiros mantêm protestos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, já há interdições em 24 Estados e no DF/

Petrobrás reduz em 10% preço do diesel por 15 dias, mas paralisação continuará. Atos contra alta no preço do combustível afetam distribuição em vários Estados/

Greve provoca falta de alimentos e combustíveis; aeroporto limitou pousos/

Câmara aprova reoneração com zeramento do PIS-Cofins; texto vai ao Senado/

40% dos ônibus não circularão em SP nesta 5ª; rodízio é suspenso/

Justiça determina liberação de 6 rodovias e autoriza uso de força policial/

Do Marcelo: governo subestimou alcance da crise dos combustíveis/

Após áudios revelados pelo ‘Estado’, Padilha exonera diretor da Funai/

Sérgio Moro manda prender Delúbio Soares/

Azeredo se entrega e vai cumprir pena em quartel/

Marcelo Miller nega ‘facilidade’ à J&F em acordo de colaboração/

Juiz tira sigilo de delação de R$ 39 mi que cita Moreira Franco e Eduardo Paes. 

Manchete e destaques da hora da Folha online: Caminhoneiros mantêm atos pelo país; motoristas de vans protestam em SP. Mesmo após acordo de entidades com o governo federal, há pontos de bloqueios pelo país/

Câmara aprova reoneração da folha e corte do PIS/Cofins sobre diesel até o fim do ano. Serão reonerados a partir deste ano 28 dos 56 setores hoje desonerados; projeto deve ser analisado pelo Senado em duas semanas/

Bruno Boghossian: Temer deixa digital política na Petrobras

Papéis da Petrobras recuam 11,3% em Nova York/

Jânio. de Freitas: Greve e efeitos são problemas de governo/

Corte no diesel pelo governo pode chegar a R$ 0,53/

Paralisação trava ônibus, postos, mercados e fábricas pelo país/

Frota de ônibus de SP é reduzida; rodízio é suspenso nesta quinta-feira/

Leandro Colon: Em só três dias, caminhoneiros levam o governo Temer à lona/

Vinícius Torres Freire: Crise é laboratório do que ainda está por vir no próximo ano/

Motoboys, táxis e vans estudam parar após vitória de paralisação/

PAINEL: Aliados dizem que Planalto subestimou greve e temem reação/

Moradores de rua têm palavra final entre relento e albergue. Com estrutura limitada, prefeitura oferece kit aos que se recusam a seguir para abrigos nas madrugadas/

Com governo premido por greve, Petrobras anuncia barateamento temporário do diesel

Tibieza tucana. Não são poucas as incertezas a rondar a candidatura de Geraldo Alckmin/

EMPREENDEDOR SOCIAL. Para ampliar impacto de tecnologias sociais é preciso parceria, dizem especialistas

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s