Deputada federal Cristiane Brasil, nova ministra do Trabalho

Economia dá bons sinais, Bolsonaro entra e liberais deixam o PSL. Dívida trabalhista da nova ministra do Trabalho é paga por funcionária de seu gabinete

Deputada federal Cristiane Brasil, nova ministra do Trabalho
Deputada federal Cristiane Brasil, nova ministra do Trabalho

No resumo do noticiário, destaque para o ingresso de Bolsonaro no PSL, com os liberais se retirando do partido, bons ventos na economia, e, no governo, o detalhe de que dívidas trabalhistas da nova ministra do Trabalho estão sendo pagas por funcionária de seu gabinete.

Edição: Sérgio Botêlho

“Preços do verão caem e aliviam o carioca. Nas praias e nas lojas, valores mais amenos”, diz a manchete de O Globo. “Bolsonaro vai para o PSL e liberais saem do partido. Filho do presidente da sigla sai e divulga comunicado no qual afirma que presidenciável ‘surfa na demagogia’”, conta a manchete do Estadão. “Braskem sonegou informações, diz Marcelo Odebrecht. Empresário afirma à PF que petroquímica se recusou a repassar a ele mensagens trocadas sobre parlamentares”, destaca a manchete da Folha.

Segurança pública, política e economia são os temas mais abordados pela mídia, neste sábado, 06. Bolsonaro vai para o PSL e liberais deixam o partido, inclusive o filho do presidente da sigla. Presidente do PEN-Patriota se diz ‘aliviado’ com decisão de Bolsonaro. Temer diz que ministros que vão concorrer à reeleição devem deixar o governo até 15 de março. Folha diz que sete ministros só querem sair em abril.

Ministro Torquato Jardim afirma que responsabilidade da União com as rebeliões em presídios é “zero” e acusa estados de má gestão do sistema prisional. Estados gastaram apenas 4% da verba de presídios, diz ministério. A dívida trabalhista da nova ministra do Trabalho, Cristiane Brasil, com ex-motorista está sendo paga por uma funcionária do gabinete dela na Câmara.

Temer veta Refis de micro e pequenas empresas. Retomada da produção de veículos e da indústria é lenta, mas firme, analisa o Estadão. País produziu 2,7 milhões de veículos em 2017, alta de 25,2%. Indústria cresce 0,2% em novembro, terceira alta seguida.  Volume de dinheiro na poupança é o maior já registrado: R$ 724 bi. Bolsa tem 10ª alta seguida e volta a bater recorde.  Eliane Catanhêde: Mudança na ‘regra de ouro’ preocupa países investidores. Mercado considera baixo preço da ação da Embraer oferecido pela Boeing. Alvo de ação nos EUA, Eletrobras fecha novo contrato com advogados.

Estadão veicula matéria sobre as 50 perguntas a Temer, a maioria envolvendo Rocha Loures. Em igreja, Meirelles vira autor de milagre. Ministro da Fazenda vai a culto e diz que não pode falar apenas com empresários. Temer e Doria discutem sucessão de Alckmin em encontro.

Jornal diz que Exército monitora grupos apoiadores do ato em favor de Lula, marcado para o dia 24. Bolsonaro e petistas são mais influentes nas redes, diz pesquisa. MST pretende realizar atos no julgamento de Lula. MBL estuda telão para julgamento de Lula no RS. João Domingos: Lula alegará que é vítima de conluio para impedir sua candidatura. Vem pra Rua marca ‘ato em defesa da Justiça’ na véspera de julgamento.

Itamaraty confirma que chavismo prendeu brasileiro na Venezuela após passeio de barco. Livro que Trump tentou proibir esgota em minutos em Washington.

Da Redação do Política e Governança

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s