Comissão da Reforma Política da Câmara dos Deputados aprova distritão e fundo partidário de R$3,6 bilhões

Reforma política. Distritão é aprovado e provoca reações

Comissão da Reforma Política da Câmara dos Deputados aprova distritão e fundo partidário de R$3,6 bilhões
Brasília – A Comissão Especial da Reforma Política se reúne para votação do relatório parcial 3 do relator, deputado Vicente Cândido (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A aprovação da proposta do distritão, e, ainda, de um fundo partidário de R$3,6 bi, ontem, em comissão especial na Câmara dos Deputados, é o tema principal de jornais e portais nesta quinta-feira, 10.

Reações à proposta que elege, sempre, os candidatos, aos parlamentos, mais votados nos pleitos, ocupa a mídia, e partidos lançam frente para evitar sua aprovação. O pacote faz parte do projeto de reforma política em tramitação no Congresso Nacional.

Deputados divergiram sobre o sistema, chamado “distritão” e que, apesar de não estar no parecer apresentado pelo relator da proposta, deputado Vicente Candido (PT-SP), foi incluído na reforma política por meio de destaque e já valerá para as eleições do ano que vem, caso o texto seja confirmado pelo Plenário.

De autoria do PMDB, o destaque foi aprovado por 17 votos a 15, com apoio do PSDB, do DEM, do PP e do PSD.

Da Redação do Política e Governança, com informações de agências de notícias e do portal da Câmara

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s