CUT se manifesta contra imposto sindical

“Ele {o imposto sindical} não ajuda na renovação nem na construção de um sindicalismo mais plural, mais arejado no Brasil”. A posição é do presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, que não vai participar de encontro com o presidente Temer para ressuscitar a contribuição sindical obrigatória.

Ainda nesta semana, as outras quatro centrais sindicais se reúnem com negociadores do governo federal. Seus dirigentes querem a substituição do imposto sindical por uma contribuição assistencial, a ser negociada com o Congresso Nacional. A princípio, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, é contra a volta ou substituição do imposto sindical.

Da Redação do Política e Governança

 

#impostosindical #CUT #Temer #sindicatos

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s